Oito detentos não retornaram ao presídio após saída temporária da Páscoa em Ariquemes, RO

dsc0010

Oito dos 108 detentos do regime semiaberto que receberam o benefício da saída temporária de Páscoa não retornaram para a Casa do Albergado de Ariquemes (RO), em Ariquemes, no Vale do Jamari. Os presos deveriam ter retornado à unidade prisional na última sexta-feira (26).

Os apenados foram liberados na manhã do dia 20 e, segundo a Lei de Execuções Penais, a duração do benefício é de até sete dias.

Conforme a Casa do Albergado, a maioria dos detentos deixaram a unidade prisional sem a tornozeleira eletrônica de monitoramento por falta de vagas suficientes no contrato para instalar o sistema do equipamento com a empresa responsável.

Durante o período fora da unidade, os presos que tinham o equipamento eram monitorados e todos precisavam cumprir algumas regras, como não frequentar bares, boates e estarem em casa até as 19h.

Dois detentos que estavam em saída temporária foram presos por praticarem delitos criminosos no município. Ambos foram encaminhados ao Centro de Ressocialização e passaram a cumprir as penas em regime fechado.

Por ano, os detentos do regime semiaberto que apresentam bom comportamento no cumprimento da pena têm o direito a cinco saídas temporárias, que são concedidas pelo juiz em datas comemorativas.

Comente no Facebook